Para ouvir (Aperte play)

Amar você

pura e simplesmente

como uma criança

quando tudo é novidade

Amar intensamente

Amor e amar




Linda história e inesquecível...
O sol e a Lua

Inesquecível...O Sol e a Lua...

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Mar...


Quão grande é a paz que vem de ti
O silêncio no chiado do mar
A doce melodia das gaivotas sobre teu céu a voar
As embarcações que em ti fazem pouso
Um sorriso em meus lábios
Que nos olhos misturam-se ao choro
Impávido gosto do sal que na boca escorre doce
Ao meu intento torná-lo tangível em todo tempo
Sobre o pináculo de tua grandeza minha alma paira em sentinela
A contemplar ao infinito primor de tua beleza
Mar...
Que ao desdém de mim
E deste meu coração soprano
Ao som manso de tuas águas
Sejam sinfónicos à esta paz tão desejada
Que à brandura cordial de minhas palavras
Esquecidas no tempo
Traga-me blandícias e acalento
Após o sublevar de tuas ondas fluídas no vento
Mar...
Em tua bravura fria me entrego
Entre a soledade amarga da minha dor
E a tua tranquila verdade
felicidade

À margem me deleito
descanço


Porto*

3 comentários:

  1. mar salgado e doce mar
    em tuas água me banho
    depois de nas tuas quentes
    areias sentir o prazer de amar.

    ResponderExcluir
  2. Lindo comentário poetico...
    Amigo querido!
    Bjuxx

    ResponderExcluir
  3. Que lindo de se ler! Traz muita paz!
    Bjkas, muitas!

    ResponderExcluir