Para ouvir (Aperte play)

Amar você

pura e simplesmente

como uma criança

quando tudo é novidade

Amar intensamente

Amor e amar




Linda história e inesquecível...
O sol e a Lua

Inesquecível...O Sol e a Lua...

domingo, 26 de junho de 2011

Soneto de aniversário

Passem-se dias, horas, meses, anos
Amadureçam as ilusões da vida
Prossiga ela sempre dividida
Entre compensações e desenganos.

Faça-se a carne mais envilecida
Diminuam os bens, cresçam os danos
Vença o ideal de andar caminhos planos
Melhor que levar tudo de vencida.

Queira-se antes ventura que aventura
À medida que a têmpora embranquece
E fica tenra a fibra que era dura.

E eu te direi: amiga minha, esquece...
Que grande é este "AMOR MEU" de criatura
Que vê envelhecer e não envelhece.

(Vinicius de Moraes)


(Intensamente eu... 24/06/1980)

Quando eu for, um dia desses,
Poeira ou folha levada
No vento da madrugada,
Serei um pouco do nada
Invisível, delicioso

Que faz com que o teu ar
Pareça mais um olhar,
Suave mistério amoroso,
Cidade de meu andar
(Deste já tão longo andar!)

E talvez de meu repouso...


(Mário Quintana)

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Quando pensares em mim...


Quando pensares em mim...
Sinta o orvalho da manhã caindo em doces gotas sobre tua face
Sinta o calor da lua no frio da madrugada abrasando tua alma
Sinta o vento que passa e leve envolve teu corpo
Sinta intensamente...
E no mais profundo do teu pensamento, da tua lembrança
Sinta teu corpo aconchegado nos braços do meu amor
Adormecido em um sonho que jamais acabou...

(Ana Claudia)

terça-feira, 7 de junho de 2011

Só você


Conduz meus pensamentos com sintonia e leveza

Deixa marcas na memória física de minha alma

Alenta meu peito nos instantes de maior tristeza

Passeia lépida em meus desejos mais intensos

Envolve meus olhos com a doçura indescritível de tua beleza

Proporcionando a vida ter as cores exatas da alegria que se renova a cada instante

De olhos fechados sou escravo incondicional de teus encantos

Povoa minha memória, fragmentos indissolúveis de tua presença

Em espasmos involuntários sinto o calor de tua pele

E o gosto maravilhoso de teus beijos

Fazendo-me reviver na solidão de meus sonhos

A magnitude de adorar você



Um presente especial.