Para ouvir (Aperte play)

Amar você

pura e simplesmente

como uma criança

quando tudo é novidade

Amar intensamente

Amor e amar




Linda história e inesquecível...
O sol e a Lua

Inesquecível...O Sol e a Lua...

terça-feira, 12 de abril de 2011

Em estado de paz














No balouçar... tic-tac,

Tic...Tac... Das horas

Há um querer, um pouco menos que um querer saber

E ainda assim um pouco menos

O tic-tac já não me angustia expressão na face

Vem-me simplesmente, como meiga brisa

Cinzelado a este estado ao qual não o sei dizer

E o que me importa o querer saber, tarde jaz...

Se o menos, apenas me é um nada

O importante é o que esta em mim...

Doce oferta me é um riso

Este que vem reflectido no suspirar profundo de minh'alma

Que seria este estado agora?

Que a resposta esta caiba aos Deus, quanto à este vasto estado de graça

Em inspirações aveludadas

Pelos tinos olhos de um cego

Pelas castas palavras de um mudo

Ah... Que me ouças tufão nos ouvidos de um surdo

Que primor sem aroma é amar e não se dar

Em quietude e serena magia

Trago flores níveas nos braços

Com perfume de paz

Em estado de poesia





(É um estar em mim...)


3 comentários:

  1. Usarei suas palavras para expressar seu poema denso:

    No "tic-tac" de um poema "Cinzelado" fez-se "tarde jaz" na "oferta" de "minh'alma" em "tinos olhos" que são "palavras de um mudo" na "quietude" de "flores níveas"...
    Beijos amada, lindoooo, amo sua visita.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. oLA AMORE, ENTRA NESTE LINK E ASSITA O VIDEO, RSSS, BEIJOS

    http://www.youtube.com/watch?v=5vvh3l3evlU

    ResponderExcluir