Para ouvir (Aperte play)

Amar você

pura e simplesmente

como uma criança

quando tudo é novidade

Amar intensamente

Amor e amar




Linda história e inesquecível...
O sol e a Lua

Inesquecível...O Sol e a Lua...

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011



Só...
E posso ouvir meu grito nesse mar sobre ciclones no silêncio
Talvez reste uma mágoa
Quem dera fossem meus olhos imperceptíveis
Assim não perceberiam a indiferença dos teus pensamentos...
éfemero sentimento

Só...
E as vezes, sinto falta daquele menino doce
Quando pensei não ser um sonho
Pensei ter profundamente tocado... Encantado
Pensei seus olhos pequenos, amarem ao encontro dos meus
Pensei seus ouvidos, amarem o aconchego no tom da minha voz
Pensei tanta coisa...imcompreensível
Me perdi...

Só...
E nem mesmo a dor mais faz sentido
Se teus olhos não mais reluzem o que dizias...
Negaste a sentir o gosto do meu amor

Talvez tenha sido eu
parte da estória que faltava
A fantasia...
A adoradora do seu amor
E me privaste...

Então eu volto a ser o que sempre fui
Um poema
Um dia
Um nada
Um ser, apenas
E só

Nenhum comentário:

Postar um comentário